Buscar
  • ellevtinteligencia

Saiba o que fazer em caso de crise empresarial



Uma empresa é formada por uma série de sistemas que permeiam quatro principais pilares: Produto e/ou serviço Pessoas Processos Tecnologia

E por ser tratar de algo tão dinâmico e depender de tantos fatores para ter resultados favoráveis, é imprescindível que cada pilar esteja estruturado para apoiar na entrega de resultados.

Não há uma regra geral ou receita de bolo para gerir uma empresa e ter resultados, mas há diversas ferramentas e boas práticas que auxiliam a gestão a lidar com surpresas e mudanças inesperadas. Para adentrar a este tópico, listarei a seguir quais os principais problemas que podem ser encontrados em uma análise de Diagnóstico Empresarial: → Histórico das vendas baixando mês a mês;

→ Endividamento de curto prazo crescente;

→ Os lucros desaparecem... nunca sobra dinheiro em caixa;

→ Começa a faltar dinheiro com frequência para pagamento de salários (“Reestruturação financeira: como planejar as finanças em ...”)

→ A empresa passa a atrasar com recorrência boletos de fornecedores;

→ Dificuldades de acesso a crédito;

→ Interrupções de fornecimento por parte de fornecedores;

→ Aumento do tournover;

→ Refinanciamentos sem planejamento;

→ Clima organizacional afetado;

→ Falta de informação estruturada e acompanhamento do desempenho da empresa;

→ Decisões estratégicas tomadas empiricamente sem análise dos reflexos econômicos e financeiros. (“Sinais de que a empresa está com dificuldades financeiras ...”)


Bem, algum desses problemas está acontecendo em sua empresa? Se para algum desses questionamentos você respondeu sim, é de suma importância que a empresa passe por um diagnóstico organizacional. Segundo Djalma Rebouças o diagnóstico organizacional tem como objetivo representar o mais fielmente possível a situação real atual da organização e definir um outro quadro que represente os objetivos e metas que definem para onde a organização quer ir ou aonde deseja chegar. Ferramentas úteis e práticas são indispensáveis neste momento e algumas delas são: → DCI – Diagnóstico Completo Integrado

→ Painel Diagnóstico

→ RCA – Root Cause Analysis – Análise Causa Raiz

→ Matriz SWOT – Forças, Fraquezas, Ameaças e Oportunidades

→ MASP – Metodologia para Análise e Solução de Problemas

→ Diagrama de Ishikawa – Diagrama Causa-Efeito

→ Mapa Mental – Sistemática de apoio

→ Ciclo PDCA

→ Matriz GUT


No resultado da análise do Diagnóstico Organizacional, é possível identificar quais condutas estão causando o adoecimento da empresa, dentre elas podemos citar:


→ Má gestão → Controles financeiros inadequados → Fraca gestão do Capital de Giro → Custos Elevados → Esforço de marketing insuficiente → Exagerado nível de comercialização – Overtrading → Exagerado nível de comercialização – Overtrading → Aquisições: Aquisição de perdedoras (empresa com fraca posição competitiva em seus mercados) → Política financeira


Bem, imagino que agora você esteja se perguntando como um Dashboard de BI pode te auxiliar neste momento de Diagnóstico Organizacional e a resposta é bem simples: Ele te dará todos os indicadores que sua empresa precisa para entender qual é o atual cenário atual. Atrelado às ferramentas de estratégia, sua empresa possivelmente passará por um incrível salto de crescimento. Já imaginou ter todos os seus indicadores ao tempo de um clique? Ellévti I Inteligência em Negócios




23 visualizações0 comentário